Luiz Felipe Leprevost: notas para um livro bonito

leprevost_foto_gilsoncamargo_comfusao2_teatroapaiol_ago2008

(Foto: Gilson Camargo)

1

.
estar em outro lugar é
não estar para os olhos de quem
está em outro lugar.
fugir é um modo de se estar
em outro lugar.
estar noutro lugar
pode que seja algo da
saudade de alguém.
e saudade de alguém
sempre é ausencia.
e ausencia sempre é ninguém.
e ninguém não tem olhos.
.
2

.
entre janelas e portas
fico com as portas.
quem traz o esparadrapo
ou quem chega para arrancá-lo
ambos entram e partem
pela porta.
janelas só servem para
suicidas, para
vasinhos de flores e
para cortinas.
as paisagens, que são
o outro nome da saudade
as paisagens
ignoram janelas.
.
.

~ por Barbara Kirchner em 04/09/2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: