Vox Urbe

No aniversário de 318 anos da tímida Babilônia dos Pinheirais, Vox Urbe apresenta Rodolfo Jaruga e as Ruínas de Tróia

.

Rodolfo Brandão de Proença Jaruga é curitibano do ano de 82. Funcionário público, estudou letras, filosofia e direito. Editou a revista mural Beatriz e a coordenou o cenáculo-asa, espaço aberto para diversas artes. Leitor e tradutor de Pound, Eliot e Borges, ainda não tem obra publicada. Recentemente foi premiado pelo concurso Helena Kolody com a obra “As ruínas de Tróia”.

.

Da obra “As ruínas de Tróia”.
.
Escrita ao longo de 04 anos, consiste em 24 poemas derivados de leituras da Ilíada. Em versos livres e com alusões diretas ao texto grego, o poema pode ser dividido em duas partes: uma interpretativa e outra de caráter mais imitativo.
.
Do momento da poesia Curitiba
.
O poeta considera que a cidade vive um momento único na história de sua cena literária. Isso porque há um grupo jovem, ativo e renovador, que vem se constituindo nos últimos anos, freqüentando-se e influenciando-se mutuamente. Esses poetas não partem de uma mesma base teórica ou linha estética, mas tendem a um ponto que, na atualidade, apenas pode ser vislumbrado.
.
Invisível ainda para a arte mais institucionalizada, esse grupo (ou contexto) poético se constituiu em vários espaços: no porão loquax, nos encontros na casa de Paulo Bearzoti ou no clube Claudete, na revista mural Beatriz, na blogosfera, etc.
.
Entretanto, vários já vem publicando suas obras. E o fato de o concurso Helena Kolody, que contou com a inscrição de milhares de trabalhos, ter premiado dois poetas da cena local, demonstra o vigor e a consistência desse movimento ainda sem rosto.
.
Wonka Bar – Rua Trajamo reis 326. Quando – 29 de Março, Terça Feira.
Quanto – R$3, 00

~ por Barbara Kirchner em 26/03/2011.

2 Respostas to “Vox Urbe”

  1. Barbra, como vai? Obrigado pela divulgação!

    Olha, gostaria muito, muito mesmo, que vc fosse amanhã para a leitura. Ficaria lisonjeado.

    Beso,

    rods.

  2. Salve, Rodolfo.
    Vou tentar comparecer (ainda que em espírito).
    Forte abraço
    PS. Como posso ter acesso às “Ruínas”?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: